Ir para o conteúdo
Livros de autoras e autores negros para refletir sobre racismo e antirracismo

Livros de autoras e autores negros para refletir sobre racismo e antirracismo

Neste mês da Consciência Negra, trazemos uma lista de livros para reflexão sobre o racismo estrutural, sua presença e atuação em diferentes dimensões da vida humana. 

O desenvolvimento de uma consciência antirracista é um passo importante para que mudanças sejam feitas. Esperamos que os quatro livros indicados aqui, que são didáticos e introdutórios sobre o assunto, sirvam de incentivo para pensar em práticas antirracistas com quem entende do assunto e sabe quais são os impactos do racismo nas vidas das pessoas negras e racializadas.


Racismo estrutural - Silvio de Almeida

O primeiro passo é entender o que é o racismo e o quanto ele age estruturalmente no meio social, político e econômico para a partir de então mudanças serem implementadas. O livro Racismo estrutural de Silvio Almeida, um dos títulos da Coleção Feminismos Plurais, faz uma retomada histórica sobre os conceitos de raça e racismo, e relaciona esses conceitos com o campo da ideologia, da política, do direito e da economia.

Compre aqui.


Black Power: A política de Libertação nos Estados Unidos - Kwame Ture e Charles V. Hamilton

É desses escritos que Silvio Almeida parte para escrever sobre o racismo estrutural no âmbito brasileiro, então essa é uma obra de referência sobre o assunto. Escrito em 1967, durante a luta pelos direitos civis nos Estados Unidos, os autores estiveram na frente das lutas e o livro resultou em um documento histórico essencial para a discussão sobre o racismo estrutural.

Compre aqui.


Racismo Recreativo - Adilson Moreira 

O autor estabelece uma relação entre racismo e humor de forma aprofundada de um ponto de vista jurídico a partir dos conceitos de racismo e injúria racial. Leitura essencial para entender o quanto é problemático que produções humorísticas se valem da desculpa de promover a descontração das pessoas para ofender grupos com base em sua cor.

Compre aqui.

 

O enegrecer psicopedagógico: Um mergulho ancestral - Clarissa Brito

O livro dá direcionamentos para quem deseja ser antirracista em suas práticas educacionais, uma vez que apresenta ideias para intervenções psicopedagógicas e mostra como a Psicopedagogia oferece recursos para o debate sobre o impacto do racismo estrutural na aprendizagem. Clarissa Brito conecta suas memórias ancestrais com suas inquietações profissionais como forma de redescobrir um novo modo de atuar no campo da educação com propósito e impacto. 

 

-

Por Maria Ferreira - Assistente editorial da Editora Jandaíra. Lê, escreve, divulga e apoia a literatura com enfoque em raça e gênero. Tem um blog literário e é formada em Letras Português-Espanhol pela Universidade Federal de São Paulo.

Artigo anterior Nossos finalistas do Prêmio Jabuti 2021
Artigo seguinte Minha vida desde o Meninas que Escrevem

Deixe um comentário

* Os campos obrigatórios

Net Orders Checkout

Item Price Qty Total
Subtotal R$ 0,00
Shipping
Total

Shipping Address

Shipping Methods